Agro contratou R$ 135,3 bi em crédito rural de julho/20 a janeiro/21

trator-john-deere-agrishow-2019 (Foto: Raphael Salomão/Ed. Globo)

 

A contratação de crédito rural de julho de 2020 a janeiro de 2021, sete meses da safra 2020/2021, atingiu R$ 135,3 bilhões, alta de 17% em relação a igual período da safra anterior, segundo o Ministério da Agricultura. Os recursos para investimento alcançaram R$ 43,52 bilhões (41% do total), R$ 72,7 bilhões para custeio (13%), R$ 11,59 bilhões para comercialização (9%) e R$ 7,59 bilhões para industrialização (4%).

“As aplicações de investimento se situaram em R$ 1,75 bilhão (7%) com contratações dos médios produtores (Pronamp), em R$ 9,72 bilhões (9%) para os pequenos agricultores (Pronaf) e para os demais produtores em R$ 32,05 bilhões (58,2%)”, disse a pasta em nota.

De acordo com a Agricultura, os recursos da poupança rural aplicados nos financiamentos de investimento realizados pelos médios e pequenos produtores responderam, respectivamente, por 41% (Pronamp) e 46% (Pronaf). Os demais produtores respondem por 34% da contratação de investimento.

 

 

Em relação aos programas de investimento, com recursos do BNDES administrados pelo Ministério da Agricultura, o Programa de Modernização da Frota de Tratores Agrícolas e Implementos Associados e Colheitadeiras (Moderfrota) somou R$ 6,97 bilhões (47%), Programa de Construção e Ampliação de Armazéns (PCA), R$ 1,62 bilhão (73%), Programa de Incentivo à Inovação Tecnológica na Produção Agropecuária (Inovagro), R$ 1,54 bilhão (31%), Programa de Incentivo à Irrigação e à Produção em Ambiente Protegido (Moderinfra), R$ 686 milhões (110%) e Programa de Modernização da Agricultura e Conservação dos Recursos Naturais (Moderagro), R$ 1,27 bilhão (36%).

“Sobre os créditos de custeio, os valores contratados pelos médios produtores (Pronamp) foram de R$ 16,2 bilhões (6%), R$ 11,12 bilhões (17%) pelos pequenos produtores (Pronaf) e R$ 45,38 bilhões (15%) para os demais produtores.”Na nota, o diretor do Departamento de Crédito e Informação da Secretaria de Política Agrícola, Wilson Vaz de Araújo, disse que as contratações de crédito rural com recursos da fonte Poupança Rural Controlada atingiram R$ 41,09 bilhões, aumento de 81%, respondendo por 30% do crédito rural na atual safra, até janeiro deste ano.