Brasil quer tornar permanente a redução de tarifas do Mercosul

O governo brasileiro negocia com sócios do Mercosul para tornar permanente a redução de 10% nas tarifas de importação de 87% dos bens e serviços importados pelo País, medida anunciada no início de novembro, disse João Luis Rossi, secretário especial adjunto de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia. Durante evento online organizado pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), Rossi disse que o governo negocia com os sócios para ampliar a cobertura para 100% do universo tarifário.

Mercosul, bandeira (Foto: Divulgação)

 

“Estamos justamente negociando com sócios para chegar a 100% e transformar essa medida, que hoje é de caráter temporário, numa redução permanente”, disse ele. O secretário comentou sobre a necessidade de modernização das tarifas do Mercosul.

Segundo ele, a pasta segue as orientações do ministro da Economia, Paulo Guedes, que orienta para uma modernização feita de forma “gradual e previsível”. “Os agentes têm que saber antes o que vai acontecer e de forma transversal, ou seja, abrangendo o máximo de setores”, acrescentou o secretário durante o evento.