Café robusta: clima dificulta a colheita no Vietnã, maior produtor mundial da variedade

Chuvas fracas nas Terras Altas Centrais do Vietnã, o maior produtor mundial do café robusta, continuaram interrompendo o processo de colheita e secagem do café, enquanto poucos produtores começaram a oferecer novos grãos da safra de 2021/22, disseram traders nesta quinta-feira.

café conilon (Foto: Divulgação)

 

Agricultores nas Terras Altas Centrais, a maior área de cultivo de café do Vietnã, venderam café por 40.400 a 41.500 dong (1,76 dólar a 1,81 dólar) por kg, pouca diferença em relação à faixa da semana passada de 40.700 a 41.500 dong.

“As chuvas leves ainda persistem aqui. As chuvas podem afetar a qualidade das cerejas, aumentando a proporção de grãos escuros”, disse um trader do cinturão do café.

 

“A estação seca está chegando. Espero que pare totalmente de chover e faça sol em breve, para que a qualidade do grão não seja muito afetada.”

Outro trader disse que os agricultores começaram a oferecer novos grãos, mas as ofertas eram muito limitadas.

“Os grãos começaram a chegar, mas não muitos. O clima atual está impedindo os agricultores de secar seus grãos”.