Destaques do dia: o que foi notícia nesta sexta-feira (22/1)

Destaques do Dia (Foto: Estúdio de Criação)


 

Boa noite! Confira os destaques desta sexta-feira (22/1) no site da revista Globo Rural.

Colheita e plantios atrasados
Colheita de soja no Brasil (Foto: Conab/Divulgação)

 

A colheita de soja 2020/21 em Mato Grosso atingiu 2,23% da área plantada, com um avanço semanal de 1,43 ponto percentual, disse nesta sexta-feira o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), indicando que os trabalhos seguem atrasados em relação às temporadas anteriores. Cultivado logo após a colheita da soja, o algodão 2020/21 permanece com ritmo de semeadura muito aquém do verificado em anos anteriores em Mato Grosso. Já a semeadura da “safrinha” de milho  alcançou 1,01% da área projetada. 

Fenatrigo cancelada
agricultura-trigo-russia (Foto: Reuters)

 

A edição deste ano da Feira Nacional do Trigo de Cruz Alta (RS) foi cancelada. A Fenatrigo iria ocorrer de 12 a 16 de maio. Em nota, os organizadores afirmaram que a diretoria optou pelo cancelamento do evento diante da pandemia da Covid-19.

Isenção de ICMS para o leite
leite-vaca-produção-produtor (Foto: Getty Images)

 

A Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo (Faesp), uma das entidades que liderou a mobilização contra a alta de ICMS no Estado, divulgou nota nesta sexta-feira (22/1) cobrando a isenção do imposto para o leite. Medida acabou ficando de fora na revogação de decretos feita pelo Estado na semana passada. Carga tributária foi aumentada em diferentes etapas da produção. 

Grupo prioritário para vacinação
Vacina_covid (Foto: Reuters/Amanda Perobelli)

 

A Confederação Nacional de Transporte (CNT) anunciou ter obtido a garantia do Ministério da Saúde de que profissionais do transporte serão incluídos no grupo prioritário da campanha de vacinação contra a Covid-19. A entidade diz que, agora, aguarda a definição do cronograma de imunização desse público pela pasta.

Moeda digital
coffee coin (Foto: Divulgação)

 

A cooperativa brasileira Minasul anunciou a criação da Coffee Coin, moeda digital que permite a troca de café por produtos. O gerenciamento é suportado pelo Dynamics, sistema de tecnologia desenvolvido pela Microsoft. Por enquanto, pagamentos são só à vista e restrito a cooperados da Minasul, mas meta é transformá-la em criptomoeda e liberar uso em operações de crédito. 

Plantio do milho safrinha
milho-milharal (Foto: Ernesto de Souza/ Ed. Globo)

 

Normalmente plantada entre final de dezembro e início de janeiro, para reduzir o risco climático de seca durante as fases mais críticas do seu desenvolvimento, a segunda safra de milho deste ano deve entrar em março ainda em fase de semeadura no Brasil, segundo previsão da Agroconsult. Durante lançamento da edição deste ano do Rally da Safra, expedição que percorrerá as lavouras do país nos próximos meses, a consultoria destacou que a alta do grão na bolsa de Chicago, associada à desvalorização do real, geram perspectivas de rentabilidade que favorecem a maior tomada de risco dos produtores.

Abelha que produz mel branco
Guaraipo é uma abelha sem ferrão nativa das matas de araucárias e da mata atlântica (Foto: Fernando Dias/SEAPDR/Divulgação)

 

Pesquisadores identificaram, no Rio Grande do Sul, uma espécie de abelha nativa sem ferrão que produz mel branco: a guaraipo (Melipona bicolor). A substância é feita a partir do pólen de uma planta predominante e tem sabor delicado. Tanto o inseto quanto a carne-de-vaca, principal planta utilizada para a fabricação do mel, estão ameaçadas de extinção no Rio Grande do Sul. 

Diversidade da Mata-Atlântica
mata atlântica (Foto: Tânia Rego/Agência Brasil)

 

Pesquisadores brasileiros alertam que a redução contínua da cobertura florestal nativa mais antiga da Mata Atlântica compromete a conservação da sua biodiversidade, a sobrevivência de espécies e o fornecimento de serviços ecossistêmicos – benefícios providos pela natureza – no bioma.

Oxigênio para o Amazonas
Atendimento de pacientes de Covid-19 (Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)

 

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) vai doar 38 concentradores de oxigênio (CPAP) com 10 litros para atender pacientes internados com a Covid-19 em hospitais públicos de Manaus e do interior do Amazonas. Entrega deve ocorrer ainda neste fim de semana. Equipamentos são elétricos e não necessitam de recarga porque convertem o ar do ambiente em oxigênio.