Destaques do Dia: o que foi notícia nesta sexta-feira (29/10)

Destaques do Dia (Foto: Estúdio de Criação)

 

Confira os destaques desta sexta-feira (29/10)

Greve e a safra
Descarregamento de milho 6/07/2018 (Foto: REUTERS/Daniel Acker)

 

Enquanto no campo, as máquinas percorrem as lavouras plantando a safra nova de grãos, com perspectativa de um novo recorde em 2021/2022, o país vive a iminência de uma nova greve de caminhoneiros. Em pleno plantio da safra nova, produtores estão entre os que manifestaram preocupação com a possibilidade de uma parada dos transportadores. De acordo com a Associação Brasileira dos Produtores de Milho (Abramilho), “pode agravar cenário já comprometido devido à oferta restrita de produtos”.

Reforço

 

Greve dos caminhoneiros - Porto de Santos (Foto: Fellipe Abreu)

 

O Sindicato dos Transportadores Rodoviários Autônomos de Bens da Baixada Santista e Vale do Ribeira (Sindicam) informou que vai aderir à paralisação nacional dos caminhoneiros, marcada para a próxima segunda-feira (1º). A participação já havia sido indicada pelo presidente do Sindicam, Luciano Santos, em 16 de outubro, quando a categoria anunciou estado de greve. A decisão foi formalizada nesta quinta-feira (28) em assembleia com sindicatos e cooperativas.

Frango

 

Frangos (Foto: Rodolfo Buhrer/Reuters)

 

Enquanto os preços médios do frango vivo seguem estáveis, os principais insumos usados na criação etão em queda, reduzindo a preços dos custos e aumentando o poder de compra dos avicultores. É o que informa, nesta sexta-feira (29/10), o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea).

Café
café (Foto: Pixabay)

 

O processo de convocação dos agentes financeiros que desejam oferecer a seus clientes recursos do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé), na linha de crédito especial para recuperação de cafezais danificados pela seca e geadas, foi concluído pelo Ministério da Agricultura. A informação é do Conselho Nacional do Café (CNC), que estima que o processo de assinatura e publicação no Diário Oficial deve ocorrer até o fim da próxima semana.

Aftosa
febre-aftosa-vacinacao-boi-pecuaria (Foto: Seapec/CCommons)

 

A segunda etapa da campanha nacional de vacinação contra a febre aftosa de 2021 terá início na próxima segunda-feira (1º). Nesta etapa, deverão ser vacinados cerca de 78 milhões de bovinos e bubalinos com até 2 anos de idade. A vacinação ocorrerá na maioria dos Estados brasileiros, conforme o calendário nacional de vacinação, informa o Ministério da Agricultura, em comunicado.

Cereais de inverno
Trigo (Foto: Embrapa)

 

Santa Catarina iniciou oficialmente, na quarta-feira (27/10), a colheita de cereais de inverno, para serem usados em ração animal. O Estado deve produzir 348 mil toneladas de trigo, o maior volume dos últimos dez anos, segundo comunicado do Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Epagri/Cepa), da Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural.

Descarbonização
transito carro automoveis veículos (Foto: Getty Images)

 

Às vésperas da COP-26, entidades dos setores automotivo e de biocombustíveis se uniram, na quarta-feira (27/10), em torno de um plano estratégico para promover a Mobilidade Sustentável de Baixo Carbono (MSBC) no Brasil. O objetivo, dizem, é reafirmar seus compromissos de redução de emissões de carbono. Estão entre as signatárias do movimento a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), a União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica), o Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (Sindipeças), a Associação Brasileira de Engenharia Automotiva (AEA) e a Sociedade de Engenharia Automotiva (SAE Brasil).

Bolsonaro não vai a COP
Presidente Jair Bolsonaro não comparecerá à COP26 (Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino)

 

O vice-presidente Hamilton Mourão admitiu nesta sexta-feira que o presidente Jair Bolsonaro não irá ao encontro de líderes da COP26, conferência sobre mudanças climáticas, por causa das críticas que receberia em relação à Amazônia. “É aquela história: sabe que o presidente Bolsonaro sofre uma série de críticas, então ele vai chegar em um lugar em que todo mundo vai jogar pedra nele”, disse Mourão. “Está uma equipe robusta lá, com capacidade para, vamos dizer, levar adiante a estratégia de negociação.”

Agronegócio e COP26

As expectativas para a próxima Conferência do Clima (COP 26) e a participação do agronegócio nas discussões internacionais foram discutidas em live da Globo Rural, nesta sexta-feira (29/10), nas redes sociais. Participam Paulo Artaxo, professor do Instituto de Física da Universidade de São Paulo (USP) e integrante do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC); Marina Piatto, diretora-executiva do Imaflora; e Nelson Ananias, coordenador de Sustentabilidade da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).