Plantio de soja na Argentina avança para 39,3% da área prevista para 2020/21

trator-fendt-maquinas-plantio (Foto: Divulgação)

 

A Bolsa de Cereais de Buenos Aires informou que o plantio da soja 2020/21 na Argentina alcança 39,3% da área projetada em 17,2 milhões de hectares. O desempenho representa um avanço de 10,6 pontos percentuais em relação à semana anterior (incorporando 1,8 milhão de hectares plantados) e alta anual de 0,4 ponto percentual.

De acordo com relatório semanal da bolsa, “os maiores avanços se concentraram no centro da área agrícola do país, impulsionados por condições climáticas favoráveis e uma condição hídrica entre ótima e adequada”.

Já plantio de milho argentino continua atrasado. A área plantada até o momento atinge 31,9% do total estimado em 6,3 milhões de hectares para o ciclo 2020/21. Houve avanço de apenas 0,5 ponto percentual na semana e o atraso em comparação com a safra passada é de 14,3 pontos percentuais. 

“Desde nosso relatório anterior, o plantio de milho concentrou-se no sul do área agrícola do país. As chuvas aliviaram o clima seco durante os últimos dias e as reservas de água melhoraram nos lotes com plantio mais avançado”, diz o relatório.

 

Quanto ao trigo, a Bolsa relatou que os produtores colheram até agora 30,9% da safra 2020, avanço semanal de 11,1 pontos percentuais e um atraso de 0,2 ponto percentual na comparação anual. A projeção de colheita está mantida em 16,8 milhões de toneladas.