Puxados por grãos e proteína animal, preços agropecuários subiram 18,95% em 2020

colheita_soja_algodão (Foto: Editora Globo)

 

Os preços da maioria dos produtos agropecuários subiram com força em 2020 no país, informou nesta quinta-feira (18/2), em relatório, o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/Esalq-USP).

Desta forma, o Índice de Preços ao Produtor de Grupos de Produtos Agropecuários (IPPA-Cepea) avançou 18,95% em 2020 em comparação com 2019, principalmente por causa da disparada do preços de soja, milho, arroz e algodão e também da arroba bovina, além de suínos e leite.

 

De 2019 para 2020, o Cepea diz que houve alta real de 29,69% no IPPA-Grãos; de 15,54% no IPPA-Pecuária e de 2,58% no IPPA-Café+Cana. Já o IPPA-Hortifrutícolas apresentou ligeira queda real de 0,63% em 2020.

Segundo o centro de estudos, “ao longo de 2019, houve forte aceleração dos preços agropecuários, sobretudo a partir de segundo semestre, comportamento que se manteve firme em 2020”.