Repasses do Funcafé somaram 3,66 bilhões em 2020, diz CNC

Fazenda O’Coffee: Trator roça  o mato entre as linhas de lavouras de café (Foto: Rogerio Albuquerque)

 

Os repasses de recursos do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé) para os agentes financeiros somaram R$ 3,66 bilhões em 2020. A informação foi divulgada, nesta sexta-feira (15/1), pelo Conselho Nacional de Café (CNC), com base em dados do Ministério da Agricultura (Mapa).

O volume representa 68,93% do contratado, que soma R$ 5,318 bilhões. O total disponibilizado pelo Funcafé é R$ 5,710 bilhões. Ainda de acordo com o CNC, do total repassado até agora para a safra 2020/2021, R$ 1,432 bilhão foram destinados à comercialização, 64,8% do que foi colocado à disposição dos produtores nesta linha de crédito. Para o custeio, foram R$ 1,210 bilhão (75,6% do total da linha).

O Financiamento para Aquisição de Café (FAC) somou R$ 547,9 milhões – o equivalente a 49,3% do total disponibilizado para esta linha de crédito – e Capital de giro totalizou R$ 475,9 milhões (75,5% do total).