Pesquisa e tecnologia no campo: sustentabilidade foi o grande destaque de 2021

Retrospectiva 2021: Pesquisa e Tecnologia (Foto: Redação Globo Rural)

 

Diante das novas demandas do mercado e dos recentes problemas sociais e ambientais do país e do mundo, é exigido do agronegócio uma constante renovação. Seja  para potencializar as produções ou diminuir os impactos das atividades agropecuárias, o fato é que as buscas por inovações foram incorporadas ao campo. Veja, a seguir, os principais fatos de pesquisa e tecnologia que marcaram o agronegócio em 2021.

Sustentabilidade

O teor de sustentabilidade nas práticas agrícolas marcou as matérias de tecnologia em 2021. As iniciativas, para além do lucro, visavam a diminuição dos impactos no meio ambiente, reduzindo as emissões dos gases de efeito estufa, reciclando resíduos que outrora seriam descartados e incentivando modelos de vida mais conscientes quanto à alimentação e à ocupação dos espaços comuns, como na produção de alimentos plant-based para veganos e vegetarianos, por exemplo.

 

Saúde

Em mais um ano marcado pela pandemia de Covid-19, não tinha como ser diferente: os cuidados com a saúde coletiva e individual foram outros fatores determinantes nas premissas das inovações tecnológicas de 2021. 

 

Dia a dia dos produtores rurais

Em 2021, as pesquisas também se dedicaram a estudar a própria população do campo, entendendo melhor a rotina, as características e as vivências dos produtores rurais. A partir disso, a ciência conseguiu compreender as suas demandas e necessidades e investir em inovações objetivamente direcionadas a esse público.

 

Animais

 

Os animais são os grandes destaques das tecnologias agro em 2021. Além de diversas iniciativas que têm como objetivo prezar pelo seu bem-estar e/ou potencializar o seu uso para fins comerciais pecuários, eles também passaram a ser utilizados como meio para se conquistar algum objetivo, atuando como ferramentas biológicas. As duas espécies que protagonizaram a ciência neste ano na Globo Rural foram os bovinos e as abelhas.

Leia mais sobre Pesquisa e Tecnologia